quinta-feira, 3 de julho de 2008

o triste fim de um treinador arrogante

O relógio marca 00h55, de 3 de julho de 2008. Ouço foguetes, que não comemoram a vitória do fluminense, mas a sua derrota. Meus vizinhos gritam. Eu mesmo já gritei. Adeus, nense. Adeus, nense...
Meeeengo, meeeeengo!!!

Um comentário:

Thalita "Chan" Siqueira disse...

Que coisa feiaaa!
Ficar rindo da derrota dos outros é muito feio!
Se bem que... se perdeu, fez por merecer!

XD